04/07/2024 às 15h26min - Atualizada em 05/07/2024 às 00h00min

Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica apresenta Concerto de Encerramento de Semestre no dia 06 de julho, com entrada gratuita

Concerto leva jovens ao Salão Leopoldo Miguez, na Escola de Música da UFRJ, para tocar clássicos nacionais e internacionais

MNIEMEYER ASSESSORIA DE COMUNICAçãO
Academia Juvenil -opes-aj-10anos-web-daniel-ebendinger-photography
 

Para encerrar o período letivo com muita música e mostrar que jovem aprecia música clássica, a Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica apresenta o Concerto de Encerramento de Semestre. A apresentação é gratuita e acontece no dia 06 de julho (sábado), às 11h, no Salão Leopoldo Miguez (Escola de Música da UFRJ).

 

Regido pelos maestros, Sammy Fuks e Tomaz Soares, que também são professores do projeto e músicos da Petrobras Sinfônica, o repertório deste dia conta com grandes nomes da música de concerto. Entre os compositores europeus estão Joseph Haydn e Antonín Dvořák. Já entre os brasileiros temos Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Luiz Gonzaga, Chico Mário e Ernst Mahle.

 

A Academia Juvenil é um projeto socioeducacional da Petrobras Sinfônica, voltado para jovens músicos entre 15 e 20 anos. Iniciado em 2012, o projeto reúne alunos de escolas de música e orquestras comunitárias. A Academia tem o objetivo de promover a inserção profissional de jovens músicos, por meio de sua preparação para o ingresso no curso superior de Música; para isso, os alunos têm aulas individuais com os seus instrumentos, além de terem práticas de conjunto e disciplinas teóricas.

 

O concerto faz parte da Temporada 2024 da Orquestra Petrobras Sinfônica, que celebra os 90 anos do maestro Isaac Karabtchevsky, diretor artístico e maestro titular da orquestra e um dos mais respeitados regentes do Brasil e do mundo. 

 

Serviço 

Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica

Concerto de Encerramento do Semestre

Data: 06 de julho (sábado), às 11h

Local: Salão Leopoldo Miguez - Escola de Música da UFRJ. R. do Passeio, 98 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20021-290

Entrada livre

 

Programa:

Tomaz Soares, regente

 

FRANCISCO MÁRIO

Ressurreição

arranjo de Tim Rescala

 

ERNST MAHLE

Viajando pelo Brasil, Suíte nº 1, A80

I. Eu não vim para ficar (Maranhão)

II. São João Dararão (Piauí)

III. Menino Vá Dormir (Sergipe)

IV. Meu Guriabá (Alagoas)

V. Eh! Morena (Minas)

VI. Jacaré (São Paulo)

 

FRANZ JOSEPH HAYDN

Sinfonia nº 103, em Mi bemol maior, H.1/103: “O rufar dos tambores”

I. Adagio – Allegro com spirito

III. Menuetto

IV. Finale: Allegro com spirito



 

Sammy Fuks, regente

 

ANTONÍN LEOPOLD DVOŘAK

Suíte tcheca, em Ré maior, op.39 (B. 93)

I. Preludium (Pastorale): Allegro moderato

V. Finale (Furiant): Presto

 

ANTONIO CARLOS JOBIM

VINÍCIUS DE MORAES

Eu sei que vou te amar

arranjo de Vittor Santos

 

LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO

HUMBERTO CAVALCANTI TEIXEIRA

Asa Branca

arranjo de Ágatha Lima

 

Sobre a Orquestra Petrobras Sinfônica

Aos 49 anos, a Orquestra Petrobras Sinfônica se consolida como uma das mais conceituadas do país e ocupa um lugar de prestígio entre os maiores organismos sinfônicos do continente. Criada pelo maestro Armando Prazeres, a orquestra firmou-se como um ente cultural que expressa a pluralidade da música brasileira e transita fluentemente por distintos estilos e linguagens. Tem como diretor artístico e maestro titular Isaac Karabtchevsky, o mais respeitado regente brasileiro e um nome consagrado no panorama internacional.

 

Site: https://petrobrasinfonica.com.br | Facebook: @PetrobrasSinfonica | Instagram e YouTube: @petrobras_sinfonica 

 

Modelo de gestão 

A Orquestra Petrobras Sinfônica possui uma proposta administrativa inovadora, sendo a única orquestra do país gerida por seus próprios músicos. 

 

Sobre a Petrobras 

Patrocinadora oficial da Orquestra Petrobras Sinfônica há 37 anos, a Petrobras oferece uma parceria essencial para mantê-la entre os principais organismos sinfônicos do continente, sempre desenvolvendo um importante trabalho de acesso à música clássica, de formação de jovens talentos egressos de projetos sociais diversos, bem como de formação de plateia. Ao incentivar diversos projetos, a Petrobras coloca em prática a crença de que a cultura é uma importante energia que transforma a sociedade. Por meio do Programa Petrobras Cultural, ela apoia a cultura brasileira como força transformadora e impulsionadora deste desenvolvimento nas áreas de artes cênicas, música, audiovisual e múltiplas expressões.


 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
EMANUELLE GUIGUES PEREIRA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canaldautopia.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp