24/06/2024 às 13h38min - Atualizada em 24/06/2024 às 16h01min

Etarismo no Digital

Estrategista em marketing conta como driblar preconceitos e levar o empreendedor ao topo das vendas

AS
Jaime Bouquard
No campo da tecnologia e aqui incluindo as mídias digitais e o marketing em geral, é comum observarmos estereótipos e preconceitos com a visão de que pessoas mais velhas são menos aptas a usar tecnologias ou que não se interessam por elas, no entanto, há diversos empresários começando em áreas diversas ou mesmo tentando se adaptar às novas versões do trabalho e da comunicação.
 Para o estrategista em marketing, Jaime Bouquard, é importante entender que cada pessoa tem seu tempo, na hora de executar uma estratégia junto ao empreendedor. Ele destaca ainda que muitas pessoas jovens possuem pouca habilidade nas novas tecnologias e que o mais importante para esse empresário ou profissional é saber onde quer chegar com determinada ação. “Por exemplo, numa campanha de tráfego pago, ele precisa saber fazer, mexer nas configurações de tráfego pago? Não. Mas ele sabe que quer vender mais, alcançar mais pessoas? Que pessoas são essas? Isso sim é fundamental. Que ele entenda qual a necessidade dele naquele momento”, explica.
Entre 2012 e 2021, segundo o IBGE, no empreendedorismo, a faixa de 20 a 39 anos caiu de 33,3% para 31,9% da população. No mesmo período, a participação dos brasileiros de 50 a 59 anos subiu de 16,3% para 19,4%, em um movimento que deve crescer muito mais nos próximos anos. Ainda assim, as pessoas com mais idade enfrentam uma barreira a mais em seus negócios, o etarismo. Para Jaime Bouquard, é importante entender que cada empreendedor tem seu tempo de aprendizado e que, muitas vezes, ele nem vai querer participar do processo em si, por estar envolvido com as mil funções do negócio, mas o profissional responsável por atendê-lo tem que estar pronto a ensinar sempre.
De acordo com Jaime, antes o marketing era visto como uma coisa luxuosa, como uma coisa que poucas marcas tinham acesso. Hoje em dia, depois do surgimento e a evolução da rede social, é fundamental que a marca esteja em evidência, inclusive mantendo vários canais de contato com o cliente. “Então, é fundamental que, mesmo que nunca tenha surgido esse interesse pelo marketing ou pelo digital, o empreendedor entenda que não há mais outra saída a não ser contratar um profissional, que possa montar a estratégia correta para alavancar o seu negócio”, aconselha ele.  
O especialista explica que, na atualidade, é muito comum associar a imagem do próprio empreendedor ao seu negócio em vídeos e afins, aproximando as pessoas, humanizando a marca, mas, se inicialmente ele não se sentir à vontade para isso é possível, por exemplo, com direitos de imagem cedidos, utilizar a imagem de um colaborador que tenha maior habilidade nesse sentido. “Eu acredito que é um caminho muito inteligente a se tomar, porque você associa a imagem do empreendedor ao seu negócio, tendo um impacto muito humanitário de liderança, tanto em relação aos clientes, quanto em relação aos colaboradores”, afirma Jaime.
É importante sempre ressaltar que reuniões estratégicas são diferentes para cada cliente e que isso independente de idade ou mercado, porque, segundo o especialista em marketing, cada marca tem seu arquétipo, sua persona e é muito importante usar a escuta ativa, pois é o empreendedor que direciona o processo. “Criamos toda uma estratégia. O diálogo e o alinhamento, junto à equipe de marketing, são fundamentais para alcançar o topo, mas a palavra final é sempre do empreendedor e isso independente da idade dele”, conclui.

 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
AMANDA MARIA SILVEIRA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://canaldautopia.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp